Resultados

Histórias de Sucesso

Confira as histórias de sucesso que a Ademilar Consórcio de Investimento Imobiliário ajudou a construir.

Jacinda Kichilevcz

Jacinda Kichilevcz

A casa própria dos sonhos

Dez/2010

A funcionária pública Jacinda Kichilevcz, de Curitiba (PR), comprou a sua segunda cota na Ademilar em fevereiro deste ano. Foi contemplada por lance em outubro e, com a carta de crédito em mãos, pretende quitar o financiamento de uma casa no bairro Capão Raso. Jacinda havia começado o financiamento junto ao banco, mas optou pelo consórcio depois de se deparar com prestações e juros muito altos. A primeira cota ela comprou por indicação de uma amiga, há cerca de 10 anos, mas acabou vendendo o imóvel que adquiriu a partir da modalidade porque sonhava com uma casa melhor. “Escolhi de novo o consórcio por acreditar na credibilidade do sistema, que funciona como uma poupança programada. A gente se anima por saber que vai conseguir pagar as parcelas. É uma forma de investir no futuro da família”, afirma. Foto: Eneas Gomez

Diego de Almeida Polansky

Diego de Almeida Polansky

Apartamento aos recém-casados

Set/2010

Com o casamento marcado, o gerente Diego de Almeida Polansky precisava de um imóvel antes da cerimônia. Ele conversou com a noiva e chegou a fazer uma simulação de financiamento, mas acabou optando pelo consórcio pela ausência de juros. Diego, então, comprou uma cota na Ademilar e depois de quatro meses tirou a sorte grande e a preocupação da cabeça: foi contemplado por sorteio! “Fizemos uma comparação de valores entre o financiamento e o consórcio, que nos apresentou mais vantagens. Se eu não tivesse sido contemplado, alugaria um imóvel e continuaria pagando as parcelas do consórcio, o que ainda seria mais conveniente que o financiamento”, conta. Diego escolheu com calma sua nova residência. A opção foi por um apartamento no bairro Capão Raso, em Curitiba, que estava sendo financiado por um terceiro. Com a carta de crédito em mãos, ele quitou o financiamento imobiliário e logo começou a reforma da sua tão sonhada casa própria. “Indico o consórcio de imóveis para todo mundo”, afirma o noivo.

Ilo Henrique Monteiro de Oliveira

Ilo Henrique Monteiro de Oliveira

Casa ampliada

Jul/2010

Comprar a casa do vizinho era o que o economista Ilo Henrique Monteiro de Oliveira precisava para aumentar a dele. E não é que deu certo? A aquisição de uma cota de consórcio de imóvel da Ademilar resolveu a questão. Em 2005, Ilo foi surpreendido com a notícia de que tinha sido contemplado por sorteio. A ideia do sortudo era dar um lance, mas isto em um ano e meio. A contemplação antecipou o desejo do economista, que usou o consórcio como um complemento para comprar o imóvel que pretendia. Com a carta de crédito em mãos e uma quantia em dinheiro que ele havia guardado, a casa foi ampliada, e hoje está em um terreno de 400 metros quadrados, no bairro Vista Alegre. Para Ilo, o consórcio oferece grupos com parcelas de baixo valor, o que torna o processo bastante acessível a muitas pessoas que sonham com a casa própria, mas não conseguem pagar um financiamento. Agora o economista quer quitar o restante das prestações com o dinheiro do FGTS – Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Pensando nos dois filhos, ele pretende adquirir, daqui a alguns anos, outro consórcio. “Dessa vez vou optar por um grupo com parcelas mais altas para quitar o imóvel em menos tempo”, conta Ilo.